Escreva sobre fugir

17:11 Babi Mac 4 Comments

BOTAR O PÉ NO MUNDO

Minha professora de Arte e Cultura da faculdade questionou meus colegas e eu durante a aula:
"- Alguém já foi á Paris?
-Eu? Só em sonhos, professora."

Nessa hora entrei num estado de reflexão mas nem tão reflexivo assim. Me lembrei deste projeto e deste tema em particular, e resolvi vir desabafar com vocês, meus caros leitores.
Primeiramente, sou uma garota de sorte. Já sei o que quero fazer e ser "quando crescer", possuo listas de coisas (todas super grandiosas e possíveis) para realizar durantes minha vida e sei quem sou e quem não quero ser. Mas mesmo depois de todo meu auto descobrimento pessoal e futuro profissional em que me dediquei no Ensino Médio à pensar, eu preciso de muito mais.

Acredito no ser humano como um ser em constate mudança. Pense no verbo To Be da língua inglesa, ele é o SER e o ESTAR ao mesmo tempo dependendo do contexto.
Em português dizemos que "Somos ou estamos felizes" os dois casos possuem uma discrepância de tempo, já que o "somos" é o tempo sempre e o "estamos" é o agora mesmo. No inglês só podermos falar "We are happy".
Pode parecer bobagem mas me sinto muito mais confortável expressando o ESTAR do que o SER no contexto mundialmente verbal. Isso porquê. se eu falar "Sou uma pessoa preguiçosa" pode ser que isso seja até verdade, mas eu verbalizei isso pelo motivo de eu ESTAR com a preguiça neste momento e não em todos os momentos da minha vida.
O que me diz muito sobre isso, é a citação de Fernando Pessoa, quando ele diz:

A vida é o que fazemos dela. As viagens são os viajantes. O que vemos não é o que vemos, senão o que somos!
Fernando Pessoa


Significado da palavra Fugir: 

Abandonar ou escapar.
Não aparecer no momento apropriado.
Não se expressar de modo correto ou coerente.
Passar com muita velocidade.

Quando a palavra fugir me vêm a mente, penso unicamente em fugir da rotina, viver e ser do mundo por um tempo e simplesmente ter coragem de ousar desde já. Para outras pessoas talvez seja algo ruim, algo que remeta à correr e abandonar a vida por medo. De qualquer maneira, fugir é algo bom. Um recomeço,uma pausa, uma respiração profunda e mais longa. 

Por mais que minha reflexão tenha sido superficial, entendi que as pessoas tem oportunidades de escolhas a cada dia. Eu as faço todo os dias. 

Acredito que meu aprendizado seja parar de seguir minhas listas tão a risca e simplesmente parar de pensar tanto. Tem momento para tudo, e as vezes se pensar demais eu paro de agir. Você também? Tente mudar esse mal hábito!

Beijoos leitores ;**

4 comentários:

  1. Achei interessante a reflexão sobre ser/estar. Na verdade, eu sou uma fã da língua portuguesa como um todo. Nós temos expressões muito bonitas e sinônimos até perder de vista. É um idioma muito vasto. Penso sempre nisso quando vou ler um livro brasileiro e não um traduzido, o quanto a leitura é mais rica. Ultimamente, tenho dado prioridade a esses autores conterrâneos.

    Você escreve histórias também?

    Beijos, linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii,

      Sou uma apaixonada pelo português também <3 Imensamente melhor, como você disse, no enriquecimento dos livros.

      Escrevo, mas nada profissional. Beijos ;**

      Excluir
  2. Que texto! Estou bem nessa fase de reflexões e tentando desapegar das coisas que criei na cabeça como se fosse no caso "minhas listas". Parabéns Barb!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fan *--*
      Obrigada por passar aqui. Volta pro blog!!

      Bjão

      Excluir

Olá, deixe seu comentário. Eu vou adorar responde-lo.