Faculdade de Produção Editorial * Part 1

17:22 Babi Mac 4 Comments

Oi oi gente. Vim falar sobre um assunto que estou enrolando há muuito tempo para contar para vocês: minha faculdade *--*
Mas esse assunto rende muito para mim (vocês não tem noção), por isso farei duas partes sobre ele, okey?

Nessa primeira parte, vou falar como escolhi o curso e porquê. E no meio dessa estória, dar dicas de como fazer isso. Coisas que me ajudaram e que podem te  ajudar.

Então vamos lá!

Primeiro quero mostrar o processo que fiz para escolher esse curso (que ninguém conhece) e o que ele abrange no mercado de trabalho (ninguém imagina). Falarei mais sobre ele na parte II. 

ESCOLHA (Como escolhi o curso)

Na infância nos perguntaram o que queríamos ser quando crescêssemos e a nossa resposta sempre foi motivo de fofura e ingenuidade. Na juventude nossos pais não nos escutaram porque sabiam que a gente ia mudar de opinião, ou ficar encucado com o tal do "homem na lua". Já na adolescência, a resposta já amadurecida é seguida por uma crítica e um julgamento do seu futuro.

Agora imagine, que no primeiro ano do Ensino Médio enquanto meus colegas respondiam Direito, Medicina, Jornalismo ou Publicidade e Propaganda, eu tentava ficar quieta com medo de ser julgada com o meu simples "Não sei ainda".
Mas não demorei muito para descobrir que eles estavam tão indecisos quanto eu, só não queriam mostrar para o mundo.
No segundo ano eu tive uma crise. Me lembro que por semanas eu procurei me informar e achei métodos de filtrar as milhares de opções para a minha vida universitária. 

COMO FIZ ISSO?

Tirei da lista TUDO o que eu sabia que não queria desde já. Nessa etapa você precisa se conhecer. No meu caso foi tudo que envolvia matemática (sou de humanas, ué). Já nessa hora, eu escolhi a área: Comunicação. 
Com você isso pode demorar mais. Porque em alguns casos você ama várias áreas, ou ainda não sabe o que você ama. Pode acontecer!

* Dica clichê mundial: faça teste vocacional. Lembre de ser honesto(a) e verdadeiro(a). Mantenha a calma se sair vários cursos em diferenças áreas. Pense em qual ama mais, e equilibre umas com as outras.

Quando você encontra a área parece que o mundo está enfim perfeito. Sem brincadeira. Ou você pode juntar duas áreas que você ame, como gostar muito de Administração e Engenharia e escolher Engenharia de Produção. Viu? não é tão difícil.  Minha frase de vida é: Tudo se resolve com tio Google e um pouco de tempo.

AMANTE DE .... ?

Enfim você sabe qual área você mais quer, a que se sobressai da outra no quesito "apreciar". Agora você precisa descobrir o que você quer fazer na prática dentro dessa área.

COMO ACONTECEU COMIGO?
Depois que escolhi a área de Comunicação me perguntei o porquê de ter feito isso. E a descoberta é a parte mais fácil. Pode parecer trivial, mas é importante. E a minha resposta foi bem simples: eu amo ler, eu amo olhar e criticar a parte de diagramação, capa e tradução e eu amo assistir filmes. 

Quem poderia dizer que eu acharia um curso para trabalhar em qualquer área dessas que eu amo? Se você me dissesse isso há anos atrás, eu não acreditaria. 

Mas aconteceu! O curso de Produção Editorial abre um leque de possibilidades como: edição, diagramação e tradução de texto, criar capas, criar roteiros para o cinema, editar um jornal, um livro, uma revista e qualquer conteúdo que eu quiser, como um blog. Foi perfeito para mim. 

VEJA NA PRÁTICA 

Talvez aquela profissão dos sonhos, no fim não seja nada do que você queira fazer. Como uma pessoa que queira ser médica, mas no fim Enfermagem cai melhor na sua personalidade. No meu caso, eu quero ser editora literária mas quando pesquisei, percebi que um assistente (cargo muito abaixo do editor) faz mais coisa que gosto do que a minha profissão dos sonhos. São coisas como essa, que você só descobre com pessoas que estão na área.


Mas lembrem sempre de que para qualquer decisão na vida, vocês precisam se conhecer antes de mais nada.
Foi isso pessoal.
Beijos de luz *--*

CONTINUA...

4 comentários:

  1. Que bacana, Barbara! Que bom que tu conseguistes te encontrar. Sei o quanto isso é difícil. E você ainda corre o risco de acabar desistindo no meio do curso. Ou pior ainda, no finalzinho mesmo, como aconteceu comigo, e vários outros colegas da minha área. Mas é algo que somente vivenciando mesmo para saber que está no caminho certo. :) outra dica bacana sobre como escolher o que se quer fazer é dar uma olhada nos currículos dos cursos das faculdade e ver quais disciplinas se estuda. Claro que haverão disciplinas mais chatas do que outras, mas isso é algo que tem em todos os cursos. Mas é importante dar uma olhada neles, e ver se algum deles oferece o que te interessa. Tem faculdades que também permitem tu assistir a uma aula, ou a uma palestra do curso. Isso te trás uma boa luz sobre a coisa. ;) Enfim, te desejo sucesso! o/ Ah, curti o layout novo do teu blog! <3

    Riscos e Rabiscos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuito obrigada Bia. Falarei sobre a grade curricular no próximo post *-* me ajudou muito à decidir.

      Obrigada pelas palavras e pela passadinha aqui.

      Beijão

      Excluir
  2. Barb do céu que post incrível, nunca soube desse curso seria uma ótima opção se eu já não tivesse escolhido o meu curso! Mas, agora Designer de interiores já está mais do que na minha cabeça! Fico muito feliz em saber que agora a senhora virou universitária boa sorte nessa nova caminhada, é realmente maravilhoso quando nos encontramos de verdade, principalmente no quesito profissão que é uma escolha já tão pesada! Enfim amei o post parabéns! http://meraconfusao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai com tudo na sua escolha também, gata. Muito obrigada por passar aqui sumida kkk

      Vc tbm vai se encontrar ^^ Beijos

      Excluir

Olá, deixe seu comentário. Eu vou adorar responde-lo.